Buscar
  • Roberta Passos

Quais são os melhores Drones para mapeamento?




De acordo com a Drones Industry Insights, o mercado de Drones movimentará bilhões até 2025.


Ou seja, existe um grande motivo para estar aquecido e sempre com novas oportunidades. Uma delas é o Mapeamento Aéreo, este que abrange diversos segmentos e, principalmente, para quem está interessado em gerar produtos primários para Sistemas de Informações Geográficas (GIS). Visto isso, como definir qual o melhor equipamento para realizar este processo?

Para descobrir, é necessário levar em consideração alguns fatores importantes, como o tamanho da área que deseja mapear, o volume de demanda e, claro, sua área de atuação. A partir disso, é possível escolher o Drone que mais se encaixa na sua missão. Os multirotores que inicialmente tinham funções voltadas à filmagens e fotografia, hoje já são adaptados para realizar mapeamentos.



Um desses, que é muito famoso entre iniciantes e pilotos mais experientes, é o Mavic Air 2, produzido pela empresa DJI, especialista em Drones para mapeamento. 


Além de muito prático, tem um custo benefício interessante e consegue atender a demandas específicas com excelência. Outro modelo que funciona neste procedimento é o Drone de asa fixa. Por ter sido fabricado para alta performance, consegue cobrir áreas mais extensas e possui uma funcionalidade que diminui a área de pouso, a chamada pouso de paraquedas, o que facilita em terrenos urbanos e/ou mais difíceis de encontrar um local seguro para aterrissar.


Você se interessa por Mapeamento Aéreo e tem vontade de se tornar um profissional da área? Acesse o link e conheça nossos cursos!